Camex zera imposto de importação de bens de capital e informática

mídia social


A medida altera as alíquotas vigentes em 30 resoluções da Camex (A Câmara de Comércio Exterior ) publicadas entre janeiro do ano passado e 5 de julho deste ano e vale para produtos sem similares nacionais (ex-tarifários). Não foi possível de imediato determinar a quantidade de produtos atingidos.

O texto publicado nesta quinta-feira determina que o imposto zerado vai valer até as datas finais previstas em cada resolução.

A decisão da Camex foi aprovada pelo conselho de ministros do órgão no final de julho. O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços disse na ocasião que a decisão de reduzir o imposto de 2 para zero, em um momento em que o governo enfrenta desequilíbrio fiscal, “promove a atração de investimentos, uma vez que desonera os aportes direcionados a empreendimentos produtivos”.

(fonte: br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1AX1G4-OBRBS)